6 de jul de 2015

A primeira Jornada de Astronomia GEDAI

A primeira edição da Jornada de Astronomia GEDAI aconteceu em Timóteo, no teatro da Fundação APERAM, nos dias 26 e 27 de junho, e contou com a presença de vários palestrantes de diversas áreas, que vieram compartilhar conosco um pouco de suas experiências, nos permitindo um novo olhar para a astronomia, envolvendo pesquisa, ensino e astronomia amadora.

Não pôde comparecer? A gente traz um resumo do que aconteceu...

Os Profs. Leonardo Gabriel e Weber Feu, do CEFET-MG

A abertura da Jornada foi feita pelos professores Leonardo Gabriel e Weber Feu, idealizadores e coordenadores do evento, que contaram um pouco da trajetória e perspectiva dos projetos de extensão universitária GEDAI e Astronomia no Vale do Aço. O GEDAI é a iniciativa intercampi de estudo de astronomia, que pretende abranger todas as unidades do CEFET em Minas Gerais. O Astronomia no Vale do Aço é o programa de extensão pioneiro em estudo e difusão da astronomia. Por ser o primeiro grupo do tipo na instituição, foi o anfitrião da primeira jornada.
Leonardo Gabriel e o GEDAI
Weber Feu e o Astronomia no Vale do Aço

O professor Sidney Maia falou em seguida, e abordou um assunto muito importante e interessante: o ensino de astronomia na Educação Básica, mostrando diversas possibilidades de atuação do professor. Sidão também comentou sobre como começar um projeto de astronomia e deu orientações para quem quer se iniciar nos estudos do céu e do universo.
Prof. Sidney Maia

O professor Leonardo Lacerda deu sequência às palestras, mostrando os vários passos necessários para se planejar e executar um projeto científico e dando orientações sobre os passos básicos para se ter uma iniciativa de sucesso. Sua palestra certamente contribuiu muito para uma visão mais abrangente e objetiva dos processos envolvidos em idealizar, implementar e perpetuar um projeto, seja ele em astronomia ou qualquer outra área.
Prof. Leonardo Lacerda

Ao final do primeiro ciclo de palestras, ainda na sexta-feira, o professor Leonardo Gabriel voltou ao palco e falou um pouco sobre os primeiros passos na astronomia de observação, um tema muito interessante para iniciantes e também para os com um pouco mais de experiência na observação do céu.
Prof. Leonardo Gabriel

Para fechar o primeiro dia da Jornada GEDAI, o céu, que ficou nublado o dia inteiro, resolveu dar uma trégua e se abrir para a observação marcada no campinho de futebol do CEFET-Timóteo. O momento foi muito divertido e especial, e tornou possível colocar em prática um pouco do aprendizado do dia. Os (incansáveis) monitores do Astronomia no Vale do Aço mostraram vários objetos celestes, dentre eles os planetas Vênus, Júpiter e Saturno, a Lua, que estava linda e quase cheia, além de outras coisas interessantes, como aglomerados estelares, estrelas duplas e várias constelações que estão visíveis nessa época do ano. A turma da astrofotografia também aproveitou para aquecer os motores, e tirou fotos de Saturno, utilizando um dos telescópios do Astronomia no Vale do Aço.
Teatro da Fundação Aperam Acesita, Vênus e Júpiter brilhando no céu ao fundo.


Todo mundo de olho no céu e Dobby, o telescópio dobsoniano de 200mm 
do Astronomia no Vale do Aço


De olho no céu e nas cartas celestes. Mais um aprendizado da Jornada!
Momento de astrofotografia

O segundo dia da Jornada começou com os professores Renata Colombari e Juciano Almeida, da Escola Municipal Zélia Duarte Passos, que falaram sobre a experiência de criar um clube de astronomia na escola, e nos mostraram como pequenas ações podem fazer a diferença na vida de crianças e jovens. O estudo de caso apresentado pelos professores mostrou que muitas vezes as crianças e jovens perdem a perspectiva de vida pela falta de oportunidades, e que uma pequena iniciativa, um clube de astronomia na escola, por exemplo, pode ser a centelha necessária para ampliar seus horizontes e lhes permitir o vislumbre de um futuro melhor.
 Juciano Almeida e Renata Colombari

Na sequência, os professores Leonardo Gabriel e Weber Feu falaram um pouco sobre suas experiências na Jornada de Foguetes e no Space Camp, dois eventos derivados da Mostra Brasileira de Foguetes - MOBFOG e da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, a OBA.
Leonardo Gabriel e o relato emocionado
Weber Feu e o Space Camp Experience

O professor do CEFET-Contagem, Gustavo Henrique, doutor em astrofísica pela UFMG, também compartilhou seus conhecimentos conosco, falando sobre o Sistema Solar, suas características, o que já descobrimos e o que ainda precisa ser mais profundamente estudado.
Prof. Gustavo Henrique

Fechando com chave de ouro a Jornada, tivemos a presença do professor e astrônomo amador (do verbo amar) João Ribeiro de Barros, do Observatório SONEAR, em Oliveira. Ele falou um pouco de sua trajetória de vida, como foi construir um observatório, como é sua pesquisa em Asteroides próximos à Terra (NEO na sigla em inglês) e as descobertas dos três cometas e 13 NEOs.
João de Barros e o relato emocionante de sua trajetória até a conquista do SONEAR
Turma presente no segundo dia da Jornada e a foto de "até a próxima"!

Pensa que terminou?

No sábado à tarde, depois de finalizada a Jornada, os GEDAIs e a turma do Astronomia no Vale do Aço dirigiram-se para o CEFET-Timóteo, onde participaram de um curso intensivo de astrofotografia com o aluno do CEFET-Belo Horizonte, Daniel Vitor.

O aluno Daniel Vitor, compartilhando seus conhecimentos com a turma 
do GEDAI e do Astronomia no Vale do Aço

Daniel apresentou várias montagens de câmeras e webcams em um telescópio, técnicas de captação de imagem e programas apropriados para tratamento. Rolou também um bate papo super legal sobre possibilidades na astrofotografia, discussão sobre os melhores equipamentos e, de bônus, tratou “ao vivo” as imagens de Saturno que foram capturadas na sessão de observação de sexta-feira. 
Foto capturada pelos alunos do Astronomia no Vale do Aço, sob orientação do Daniel.
O tratamento da foto foi feito durante o workshop que ele o realizou para os GEDAIs e
para a turma do Astronomia.

A Jornada, em resumo, foi um combinado de ótimos momentos, muito aprendizado, intercâmbio de experiências, e o começo de novas parcerias, que têm tudo para ser extremamente frutuosas, viabilizando a expansão do ensino de astronomia aqui no Vale do Aço e por todo o estado, onde novos  grupos de estudo e divulgação de astronomia começam a surgir.

Os planos para as próximas Jornadas já estão acontecendo. Ninguém por aqui se cansa da ideia de oferecer sempre um novo olhar para o céu! :)

O evento contou com patrocínio da Fundação CEFET-Minas, apoio da Fundação Aperam Acesita e do CEFET-MG, e teve coordenação geral dos professores Weber Feu e Leonardo Gabriel, produção coordenada pelo professor Weber Feu, pela colabora voluntária Ludmila Deslandes e as alunas voluntárias Loraine Duarte, Nathésia Guerra e Tamires Lelis. As fotos foram tiradas pelo colaborador voluntário do Astronomia no Vale do Aço, Warley de Souza.

O Astronomia no Vale do Aço agradece IMENSAMENTE a todos que participaram e trabalharam para que a Jornada de Astronomia GEDAI acontecesse e fosse um sucesso!

Para ver todas as fotos, acesse: Flick do Astronomia

Esperamos vê-los em breve!

2 comentários:

  1. Bela cobertura fotográfica e belo relato do evento!

    ResponderExcluir
  2. Deixo aqui meu abraço e agradecimento aos professores Weber Feu e Leonardo Diniz do CEFET-MG - Timóteo, sobretudo, e a todos que participaram da Jornada Astronômica no Vale do Aço. Parabéns! A todos! Foi um grande prazer nossas trocas de experiências, seja no campo da educação e/ou da astronomia. Continuem assim, nessa trajetória, que os frutos virão cada vez mais viçosos. Educação de qualidade transforma a Realidade! Um forte abraço! (João Ribeiro de Barros - SONEAR - Oliveira-MG)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...