2 de jun de 2015

Confira o calendário astronômico do mês de junho!

A partir de agora, disponibilizaremos um "Calendário Astronômico" todo mês, listando o que acontecerá no céu e também as comemorações e eventos relacionados à Astronomia, sempre que houver algum.

Já anote na sua agenda! :)

6/6 – Vênus atinge máxima elongação oriental

Vênus. Crédito da foto: NASA

Na astronomia, a elongação de um planeta é o ângulo entre o Sol e o planeta, quando observado da Terra. Quando um planeta inferior é visível depois do pôr-do-sol, está próximo de sua elongação oriental máxima e quando é visível antes do nascer do sol, está próximo de sua elongação ocidental máxima. O valor da elongação máxima (leste ou oeste) para Vênus varia entre 45º e 47º.

Vênus, um dos planetas mais brilhantes do céu no período noturno, neste dia, terá boas condições de visibilidade, pois estará em seu ponto mais alto no céu do crepúsculo. Estará muito brilhante na direção oeste, pouco depois do pôr do sol.


16/06 - Asteroide 1566 Ícaro passa pela Terra



O 1566 Ícaro é um asteroide descoberto em 1949 por Walter Baade. Foi nomeado em homenagem a Ícaro da mitologia grega, que voou próximo ao Sol na tentativa de fugir da ilha de Creta. O asteroide faz uma aproximação da Terra em intervalos de 9, 19, ou 38 anos mas raramente se aproxima mais de 6.4 Gm (dezesseis vezes a distância da Lua), conforme fez em 14 de junho de 1968. A última aproximação foi em 1996 com 15.1 Gm de distância, quase quarenta vezes a distância da Lua. A próxima aproximação será em 16 de junho de 2015 com 8.1 Gm.


16/06 - O cometa C/2014 Q1 PanSTARRS terá seu máximo brilho previsto



O cometa foi descoberto pelo Consórcio Pan-STARRS (Haleakala, Hawaii/EUA) em 16 de agosto de 2014 por meio do telescópio Ritchey-Chretien.

O cometa inicia seu período de visibilidade na segunda quinzena de maio de 2015, estando, situado na constelação de Áries ao amanhecer. Por volta do dia 6 é possível que ele atinja seu brilho máximo, se isso acontecer, poderá ser visto a olho nu.


21/06 - Solstício de inverno no hemisfério sul




Solstício de inverno é um fenômeno astronômico usado para marcar o início do inverno.  Ocorre quando o Sol atinge a maior distância angular em relação ao plano que passa pela linha do equador. Embora sua data não seja a mesma em todos os anos, pode-se dizer que ocorre normalmente por volta do dia 22 de Dezembro no hemisfério norte e 21 de Junho no hemisfério sul.

Devido à órbita elíptica da Terra ao redor do sol ao longo do ano, as datas nas quais ocorrem os solstícios não dividem o ano em um número igual de dias. Isto ocorre porque quando a Terra está mais próxima do Sol (periélio) viaja mais velozmente do que quando está mais longe (afélio), em conformidade com a segunda lei de Kepler.

O planeta Terra não permanece estático, realizando, portanto, vários movimentos, com destaque para a rotação (deslocamento da Terra em torno de seu próprio eixo) e a translação (movimento que a Terra realiza em torno do Sol). Essa característica é responsável por alguns fenômenos, como, por exemplo, o solstício.

A inclinação de aproximadamente 23°27’ do eixo de rotação da Terra com relação ao eixo de translação proporciona uma distribuição desigual dos raios solares entre os Hemisférios Sul e Norte. Sendo assim, em um determinado período do ano, a luz solar incidirá com maior intensidade sobre um dos hemisférios. Essa diferença de radiação solar é mais nítida quando ocorrem os solstícios.
No solstício de Inverno ocorre o dia mais curto do ano e consequentemente a noite mais longa do ano, em termos de iluminação por parte do Sol.


24/06 - Mercúrio atinge a maior elongação no ano, ao nascer do Sol

Crédito da foto: Gregg Alliss

Mercúrio, o menor planeta do sistema solar e também o mais próximo do Sol é um planeta bem difícil de se observar. Sua maior aproximação do Sol impede que possa ser facilmente visualizado. Em algumas ocasiões, porém, como neste dia, terá ao pôr do sol, sua posição mais alta no céu, o que facilitará sua observação.


28/06 - DOMINGO ASTRONÔMICO
O tradicional "Domingo Astronômico" do Astronomia no Vale do Aço acontece no próximo dia 28, com observação astronômica, palestras e participação dos alunos do CEFET-MG Campus Timóteo nas barraquinhas de venda de lanches e por conta da programação cultural. Fique de olho! Em breve divulgamos mais informações.

30/06 - Dia do Asteroide



O mês encerra com o um importante evento. Cientistas, astronautas e estudiosos criaram um dia para o mundo científico criar alternativas para aumentar o mapeamento de asteroides que passam pela Terra. O “Asteroid Day” vai apontar para o risco de não se monitorar os fenômenos. Um exemplo que será citado será o asteroide que caiu na Rússia em 2013 e deixou cerca de mil feridos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...