29 de abr de 2015

Space Camp: informações, depoimentos e fotos

Um mês atrás falamos AQUI no blog sobre a participação do pessoal do Astronomia no Vale do Aço lá na quarta edição do Space Camp, organizado pela ACRUX Aerospace Technologies em parceria com a OBA - Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. Estão lembrados? 

Na época, citamos uma reportagem do Jornal do Brasil, que falava um pouquinho sobre a proposta do evento, que aconteceu lá no Pólo Tecnológico de Itaipu, em Foz do Iguaçu.

Apesar de fantástica e muito promissora, a idéia do Space Camp não é tão nova quanto muita gente imaginou. O “Acampamento Espacial” existe desde 1982 nos Estados Unidos, onde conta com jovens participantes de todos os 50 estados, além de acontecer também em mais de 60 países estrangeiros.

O programa foi criado como forma de inspirar e motivar os jovens alunos de escolas de todo o mundo a se tornarem pioneiros que perseveram em busca de superar os limites da atuação humana na ciência e na tecnologia.

Como isso é feito? Tentando proporcionar aos participantes a maior imersão possível em assuntos relacionados às áreas de astronomia, astronáutica e robótica, dando a todos a oportunidade de trabalhar efetivamente em projetos tecnológicos e oferecendo palestras de pessoas que já vêm contribuindo para o desenvolvimento científico e tecnológico em cada país onde o Space Camp acontece. Uma excelente forma de mostrar que é possível desenvolver grandes coisas, mesmo com as limitações que cada realidade oferece. 

Dentre as várias tarefas realizadas no Space Camp Brasil 2015, os alunos participam de competições de lançamento de foguete para atingir um alvo, lançamento de um ovo de codorna em um foguete sem quebrá-lo e montaram e testaram um carrinho controlado remotamente.

Já entre o grupo de convidados da edição dessa edição estava, por exemplo, o Dr. Ozires Silva, oficial da Aeronáutica e engenheiro formado pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), de contribuição inegável no desenvolvimento da indústria aeronáutica brasileira. Ele liderou a equipe que projetou e construiu o avião Bandeirante, e comandou, em 1970, o grupo que promoveu a criação da Embraer, uma das maiores empresas aeroespaciais do mundo, que deu início à produção industrial de aviões no Brasil.

Participaram do Space Camp 2015 o professor e coordenador do Astronomia no Vale do Aço, Weber Feu, os alunos Vinicius de Moraes – bolsista do Astronomia no Vale do Aço, Ezequiel Polastrelli e Lucas Silva, todos do CEFET-MG em Timóteo. 

Nossa "equipe de jornalistas" pediu a cada um deles para falar sobre suas impressões sobre o evento. 

Acompanhem com a gente!

"Dedicar uma semana para um evento voltado completamente para a ciência foi uma experiência nova para mim. Participar de palestras, oficinas e competições foi cansativo, confesso, mas ao mesmo tempo revigorante. Digo que foi revigorante, pois algumas palestras conseguiram despertar em mim uma curiosidade maior sobre a ciência, principalmente a astronomia, e me deram ânimo para voltar para a casa e fazer algumas coisas de maneira diferente. O Space Camp se tornou algo memorável e guardo comigo todo o aprendizado que tive lá." 
Ezequiel 

“Ao participar do Space Camp 2015, eu que havia ido com conhecimentos mínimos no campo da astronomia e astronáutica, meus conhecimentos em relações a essas duas áreas se expandiram bastante. A equipe organizadora junto ao Parque Tecnológico de Itaipu realizou um ótimo trabalho e auxiliou bastante, obviamente nem tudo foi perfeito, mas valeu a pena.  
Foram muitas palestras de diversos temas, como propulsão, propelente líquido e sólido, metodologia cientifica, astronomia, róbotica, foguete modelismo, CanSat e CubeSat, programação. Houve momentos onde foi possível a observação a céu aberto por meio de telescópio e também a olho nu, também realizamos uma sessão no planetário do Polo Astronômico, assim consegui adquirir um conhecimento básico sobre astronomia e astronáutica entre outros temas.
Ao longo do evento houve uma competição entre equipes, onde cada uma das quinze equipes teve que construir, um foguete com o objetivo de lançar um “ovonauta” e pousá-lo com segurança, lançar um foguete balístico de forma que seja possível acertar um alvo à uma distância de 100 metros e construir um rover para montar uma base em terreno lunar.
Houve muitas dificuldades durante o projeto e construção de ambos desafios, mas ao final eu e minha equipe ficamos em primeiro lugar, ganhando a competição. No desafio do rover, após mudança de objetivos pelo fato de todas as equipes enfrentarem problemas devido a falhas no sistema de direção e motores, minha equipe não aceitou a derrota, continuamos lutando e atingimos o sucesso.” 
Lucas 

“Quando fomos convidados pro Space Camp, eu não sabia muito bem o que esperar do evento, confesso. Mas acho importante aproveitar toda oportunidade possível – para aprender coisas novas, e ter novas experiências, novos diferenciais. A aposta valeu a pena. 
Conhecemos pessoas excepcionais, tivemos aulas e palestras excelentes. Foram 7 dias que despertaram vontades – de criar projetos, resolver problemas, aprender idiomas, trabalhar para mudar nosso meio pra melhor.
Simultaneamente, pudemos experimentar na prática os desafios e as recompensas de se trabalhar em equipes, formadas por pessoas que você nunca viu antes, todas em direção a um objetivo comum. Me sinto mais preparado para o mercado de trabalho, aonde provavelmente encontrarei situações semelhantes, e agora já sei melhor o que esperar e como agir. O Space Camp reuniu alunos e professores de quase todos os estados. As nossas equipes de trabalho foram aleatórias, agrupando uma miscelânea de pessoas diferentes, cada qual com suas habilidades e dificuldades, seus costumes e sotaques, de diferentes regiões do Brasil. Fizemos novos amigos e ganhamos histórias pra contar.” 
Vinícius 

Motivo de alegria e muito orgulho!
Além da disposição e excelente participação de toda a equipe durante o Space Camp, um motivo a mais de comemoração foi que os alunos Lucas e Ezequiel estiveram dentre os premiados do Space Camp Brasil 2015. Suas equipes ficaram em primeiro e segundo lugar, respectivamente, motivo de muita alegria e orgulho para nós do Astronomia no Vale do Aço:)

É importante você saber:
- A participação no Space Camp está, em princípio, vinculada à participação na OBA. Se você se interessou e deseja participar do evento no ano que vem, é bom que se apresse, e veja com seus professores como fazer para participar da OBA 2015.
- A participação no evento é PAGA. Cada participante teve que desembolsar, para esta edição, o valor da inscrição, de R$850,00, mais passagens aéreas, que ficaram em torno de R$700,00, cada. Ou seja, além de participar da OBA, é importante você já ir fazendo seu pé de meia também. ;)

Se ficou com qualquer dúvida, deixe um comentário pra gente, que responderemos logo! :)

Agora a gente deixa vocês com algumas fotos e um vídeozinho que fizemos, com alguns dos melhores momentos do Space Camp e a vista do Parque Tecnológico de Itaipu!


Oficina de Astronomia
O rover
Panorâmica de Itaipu
Vinícius, Lucas, o astronauta Marcos Pontes e Ezequiel
Ozires Silva
Dia do Pi 
Vinicius e os drones



Infelizmente o Blogger diminuiu (MUITO) a qualidade do vídeo. :(
Estamos providenciando uma forma melhor de disponibilizar as imagens pra vocês.


Até a próxima, pessoal!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...