1 de nov de 2012

Alunos do CEFET-MG campus Timóteo participam da IV Jornada de Foguetes

Equipe CEFET-MG campus Timóteo


Através da VI Mostra de Foguetes, promovida pela Sociedade Astronômica Brasileira, alunos do CEFET-MG campus Timóteo foram classificados para participar da IV Jornada de Foguetes. Ocorrida de 18 a 21 de outubro em no município de Barra do Piraí - RJ, a IV Jornada de Foguetes reuniu as melhores equipes das escolas públicas e particulares de todo o Brasil.

Acompanhados pelos professores Leonardo Gabriel (Física) e Carlos Eduardo Oliveira (Química), os alunos Renato Assis Souza, Robison Davi Sousa Duarte, Samuel Estevão e Adriano Bornachi representaram o CEFET-MG campus Timóteo no evento. Entre 50 equipes participantes, em sua primeira participação no evento, a equipe do CEFET-MG ficou classificada em 15º lugar na premiação dos melhores lançamentos, com um alcance de 120,70 metros. A equipe vencedora, da escola SESI 228 Centro Educacional, obteve a marca de 230,90 metros. Em outra modalidade de avaliação, através da apresentação do projeto do foguete para uma comissão de professores, os alunos do Vale do Aço alcançaram a nona posição, empatados com mais três equipes. Como premiação, a equipe do CEFET-MG levará para o campus uma réplica de um foguete brasileiro.    
Para para mais informações e fotos, clique em continue lendo.



Os quatro alunos da equipe receberam medalhas de ouro na Mostra de Foguetes. Além disso, o CEFET-MG campus Timóteo recebeu quatro medalhas na OBA através dos alunos Renato Assis Souza (medalha de ouro), Gabriel de Souza Costa (medalha de prata), Robson Davi Sousa Duarte (medalha de bronze) e Samuel Estevão (medalha de bronze). Recentemente, esses alunos foram convidados a participar de um curso a distância, que será seguido de uma posterior seletiva que definirá a equipe brasileira na Olimpíada Internacional de Astronomia e Astronáutica.  

Além da competição, a jornada de foguetes contou com palestras de astrônomos e especialistas em astronáutica, mostrando a parte científica sobre a indústria e desenvolvimento de foguetes no Brasil e no resto do mundo.

Segundo Pâmela Marjorie Coelho, coordenadora e responsável pela MOBFOG, o objetivo do evento é estimular a investigação científica na área de Física ligada à Engenharia de Foguetes, Aeroespacial e Astronáutica.

“A física deve ser ensinada aos estudantes através da experimentação e da investigação. Com este evento, pretendemos instigar o interesse pelas atividades científicas de maneira prática nas escolas. Em algumas escolas, é comum os alunos conhecerem a ciência somente pela teoria, o que acaba desmotivando os mesmos.”

Aos estudantes interessados, vale a pena ficar atento a Mostra de Foguetes do ano que vem.





Apresentação do projeto do Foguete.





Renato com o Foguete batizado de Newton 06, em homenagem ao Isaac Newton e ao servidor Newton da manutenção, que ajudou a equipe no desenvolvimento da base de lançamento.  
 
 
 
 

Foto mostrando a decolagem do foguete.




Réplica em miniatura de um foguete real. As 25 melhores equipes levaram uma réplica para a escola.




Foguete real de sondagem. Esse foguete profissional foi lançado como exibição durante a programação do evento.




Renato realizando seu sonho de conhecer uma pessoa formada no ITA.



Na chegada ao Rio, uma pausa para uma foto com o Neymar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...