30 de jan de 2015

Luas de Plutão: Kerberus e Styx


Em 02 de julho de 2013 as duas novas luas de Plutão descobertas pelo telescópio Hubble, em 2011 e 2012, foram “batizadas” pela União Astronômica Internacional (IAU). 

Os nomes foram escolhidos numa votação aberta ao público. O nome mais votado foi Vulcan, mas não foi escolhido por já ter sido usado para nomear um planeta hipotético que se localizava entre Mercúrio e o Sol. Os nomes deveriam fazer referência à mitologia clássica, para combinar com o nome das outras luas de Plutão: Nix, Hydra e Charon. 

As luas P4 e P5 como eram chamadas, ganharam os nomes de Kerberus e Styx.  O nome Cérbero sofreu uma alteração para Kerberus, para evitar uma confusão da lua de Plutão com o asteroide 1865 Cerberus.

Estima-se que Kerberus, tenha o diâmetro de 13 a 34 quilômetros e Styx, que parece ter uma forma mais irregular, tenha o diâmetro de 10 a 25 quilômetros. Como podem ver, as luas são tão pequenas quanto o planeta que orbitam. Kerberus e Styx são provavelmente asteróides do Cinturão de Kuiper, que foram atraídos pela força gravitacional de Plutão.

Na mitologia, Cérbero é um cão de três cabeças que guarda a entrada de Hades ao submundo dos mortos e, Styx (ou Estige) é uma deusa que governa sobre o rio subterrâneo que separa o mundo dos vivos do mundo dos mortos.

Neste ano de 2015, quando a nave New Horizons viajar pela orbita de Plutão, a NASA pretende fazer observações mais aguçadas sobre Kerberus e Styx, e quem sabe descobrir mais algum mistério sobre o nosso planeta-anão.


Mais um "evento" para adicionarmos na agenda astronômica desse ano. Agora é esperar que a NASA obtenha sucesso na missão e nos brinde com novas informações sobre Plutão e suas luas. O texto deste post foi redigido e enviado por Victor Henrique, participante do Grupo de Estudos do Astronomia no Vale do Aço. Obrigada pela contribuição, Victor!


---
Informações obtidas em pesquisa sobre o assunto nos principais canais de informação científica. 
Nenhum trecho de autoria de terceiros foi reproduzido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...