21 de nov de 2014

Do espaço!

É bem bacana acompanhar as notícias vindas do espaço. Não sei vocês, mas a cada foto que vejo, cada vídeo que assisto, sinto um pouquinho (bem pouco, eu sei! hehe) de como é a experiência de estar lá em cima, vendo tudo sob uma perspectiva totalmente nova e que seria difícil de imaginar até algum tempo atrás.

Hoje a gente traz aqui pro blog um apanhado de fotos tiradas pelo astronauta Butch Wilmore, que foram publicadas agora a pouco na página da Estação Espacial Internacional (ISS, em inglês) lá no Facebook. Elas nos ajudam a entender um pouco mais sobre a geografia do nosso belo planeta.

Butch está vivendo na ISS há cerca de 2 meses, fazendo pesquisas que buscam nos dar maior conhecimento sobre o espaço e sobre a possibilidade de viajar cada vez mais longe, explorando o universo em que vivemos.

As luzes nos Estados Unidos e a belíssima Aurora Boreal vista à distância mais ao norte.

O Mar Vermelho.

Arábia Saudita, Kwait e uma tempestade de areia.

Nuvens sobre os oceanos próximo ao pôr do sol.

Cadeia de montanhas a oeste do Canadá.


Baía Hudson, a nordeste do Canadá, no Oceano Ártico.


Austrália, de Melbourne a Sidney, à noite.


Leste do Himalaia coberto de nuvens e neve . Platô desértico do Tibet, com lagos e neve. A oeste, o grande lago Nam Co, próximo à cidade de Lhasa, coberto com neve e nuves.


O Havaí.

E como não podia deixar de ser, a melhor selfie da semana!

Nas palavras do astronauta, "a ÚNICA coisa que você não pode ver no visor dele é o ENORME sorriso estampado em seu rosto". Segundo ele a experiência foi fantástica! Alguém duvida?


Todas as fotos são de propriedade da NASA e de Butch Wilmore. Para ver mais fotos tiradas por Wilmore e tantas outras dessa missão, você pode acessar a página de fotos da NASA, clicando AQUI!

Se tiver interesse, pode também curtir a página da ISS lá no Facebook e acompanhar o dia a dia da missão! ;) O link é esse AQUI.

Um bom fim de semana pra vocês!

2 comentários:

  1. Existem fotos do espaço que serve para mostrar o quanto é grande a poluição luminosa, mas também servem para mostrar que a distribuição de luz no mundo ocorre de maneira desigual. Percebe-se que em grandes regiões possuem pouca iluminação.

    ResponderExcluir
  2. É verdade, Victor! É muito impressionante. Outro dia desses estávamos vendo sobre a diferença entre as Coréias!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...